Cantareira: o parque estadual com uma vista bem diferente de São Paulo

Seguros Promo

Quer ter uma vista bem diferente de São Paulo, desligar o Wi-fi e conectar-se apenas com o visual deslumbrante via uma Gigantesca Pedra praticamente no topo da serra da Cantareira? Que sair um pouco da rotina estressante da capital? Bom, a sujestão é que você pegue seu carro ou um ônibus (qualquer linha que vá até o Horto Florestal) e conheça o Núcleo Pedra Grande e o Núcleo Engordador, que faz parte do Parque Estadual da Serra da Cantareira. O parque é vizinho ao Parque do Horto Florestal.

Cantareira foi o nome dado à serra pelos tropeiros devido à grande quantidade de nascentes e córregos encontrados na região. Na época, era costume armazenar água em cântaros, um tipo de jarro de barro, e as prateleiras onde os cântaros eram guardados chamavam-se cantareiras.

O Parque Estadual da Cantareira foi criado por meio do Decreto 41.626/1963 e grande parte da região era constituída por fazendas, cuja desapropriação teve um grande papel importante no abastecimento de água do Estado por ser uma área de inúmeras nascentes e diversos cursos de água. A maior porção do parque constitui um importante remanescente da Mata Atlântica, que foi classificado como uma das maiores florestas urbanas nativas do mundo e, em 1994, a Unesco a declarou parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde (RBCV) da cidade paulista, que fornece serviços ambientais à sociedade, tais como alimentos, controle de erosão, estabilização climática, sequestro de CO2, lazer, entre outros, a fim de assegurar o bem-estar da população que reside nas proximidades.

Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-01
Na metade da trilha

Localizado ao lado do Horto Florestal, o parque está localizado na zona norte da capital, abrangendo também os municípios de Mairiporã, Guarulhos e Caieiras. Possui mais de 7.900 hectares e assegura a proteção de seus mananciais, além de abrigar espécies animais e vegetais em processo de extinção, como o bugio, a jaguatirica, o macuco, o jacuguaçu, o bacurau-tesoura-grande, a imbuia, a canela-preta e a canela-sassafrás.

Também faz parte da fauna presente no Parque da Cantareira veado-mateiro, quati, bicho-preguiça, jararaca e coral, além da diversificada flora com inúmeras espécies de árvores como jacarandá-paulista, embaúba, palmeira, jequitibá-branco, pata-de-vaca, figueira, samambaia-açu (espécie ameaçada devido à exploração desenfreada), entre outras. Já foi registrada no parque a presença da suçuarana, a onça-parda.

Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-02
Trilha Pedra Grande

Mountain bike em trilha específica e caminhadas ecológicas nas diversas trilhas, com percursos de várias dificuldades, são algumas das opções de lazer. O parque também oferece trilha para veículos, um pequeno playground e não permite que os visitantes nadem nas represas e lagos. Não há lanchonete no parque, mas alguns núcleos oferecem bosque para piqueniques. No parque  Há também um Circuito Integrado de Educação Ambiental, voltado principalmente para quem tem limitações físicas que impeçam o visitante de participar das trilhas, mas que permite a participação de pessoas sem estas limitações quando há vagas. O circuito é feito por uma van que percorre o Horto Florestal e o Parque da Cantareira.

Núcleos de visitação

O parque possui quatro núcleos: o Cabuçu; o Pedra Grande; o Engordador; e o Águas Claras, Uma das principais atrações, a trilha da Pedra Grande, fica no núcleo Pedra Grande e, por isso, é o núcleo mais procurado pelos visitantes.

Núcleo Pedra Grande

O núcleo Pedra Grande, o primeiro aberto ao público, foi inaugurado em 1989 e possui mais duas trilhas, a das Figueiras (2 mil metros), repleta de grandes figueiras que deram o nome à trilha; e a da Bica (1,5 mil metros), que leva a uma fonte frequentada por pássaros e quatis. Do topo da pedra, é possível apreciar a bela vista da cidade paulista, mas, para isso, o visitante precisa enfrentar mais de nove quilômetros de trilha com percurso íngreme. Esta trilha também dá acesso ao lago das Carpas e fica próxima a um pequeno museu com animais empalhados, rochas em exposição e uma maquete do parque.

Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-07
Mirante Museo da Pedra Grande
Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-03
Mirante Pedra Grande
Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-04
Mirante Pedra Grande
Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-08
Pedra Grande

Trilha Pedra Grande:

Extensão:10 km (ida e volta)

Perfil Altitudinal: 836 m – 1.021 m

Percurso: 3h

Dificuldade: média

Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-05
Lago das Carpas – Pedra Grande

Principal trilha do Núcleo, trata-se de uma antiga estrada usada por tropeiros. Uma caminhada prazerosa pelo interior da Mata Atlântica. A dificudade vai do desempenho de cada um, encontrei algumas pessoas com mais de 60 anos de idade, principalmente os japoneses, caminhando numa boa. Não era uma corrida de nações mas todos eles estavam bem dispostos nas subidas. Então nao vejo dificuldade para um jovem de 25 a 40 anos

Características ambientais: floresta atlântica de planalto.

Triha: autoguiada. (Pode desfrutar sem guia)

Núcleo Engordador

O núcleo Engordador leva esse nome devido a uma fazenda de engorda de gado que existia na região. Para a recreação, além das três trilhas ecológicas, há uma brinquedoteca e uma área para piquenique. A trilha do Macuco, com 700 metros de percurso leve, passa por entre os canos que faziam parte do antigo sistema de abastecimento de água; a da Cachoeira, com 6,5 mil metros, cruza o rio Engordador, passa por três cachoeiras e chega ao antigo tanque de captação de água da Sabesp; e a de Mountain Bike, com 1,4 mil metros, tem área para piquenique, ducha para banho, pode-se visitar a histórica Casa da Bomba, de 1894, e só pode ser usada por ciclistas.

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-01
Cardápio de atrações

Aberto ao público em 2000 por meio de uma parceria entre o Instituto Florestal e a Congregação das Associações da Serra da Cantareira (Casc), o núcleo Águas Claras possui quatro trilhas para caminhada e uma trilha bem longa, a do Pinheirinho, que é utilizada por veículos. Seu nome deriva de uma microbacia formada pelo Ribeirão Águas Claras em que o núcleo está inserido e esse núcleo, voltado principalmente para a educação ambiental, desenvolve trabalhos com a comunidade tendo como enfoque a preservação dos mananciais.

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-02
Represa Cantareira
Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-03
Represa Cantareira
Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-09
Núcleo do Engordador

Casa das Bombas

De acordo com normas hidráulicas, as bombas devem ser abrigadas em edificações próprias, “casa das bombas”, obedecendo a determinados princípios de funcionalidade, para seu bom desempenho. As instalações devem ser suficientemente espaçosas, com iluminação natural para o trabalho, e a manutenção das máquinas. Tombada pela Resolução 18 do CONDEPHAAT, de 4 de agosto de 1983: é um exemplo típico da arquitetura industrial do final do século XIX, que utilizava uma linguagem própria, na adoção de soluções construtivas que marcaram essa arquitetura, como por exemplo a utilização de materiais variados como ferro, vidro e tijolo aparente, recursos esses que se tornaram na marca registrada das construções fabris.

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-04
Casa da Bomba

Anos mais tarde, foi construída a casa da bomba secundária, para abrigar a bomba auxiliar,

completamente desvinculada do compartimento gerador do vapor, uma vez que sua força motriz era o óleo diesel; fabricada na Alemanha, ao contrário da anterior, não foi comprada exclusivamente para o Engordador, vindo de outra instalação da Repartição de Águas e Esgotos.

Sala da Bomba a vapor

Seu funcionamento a vapor assemelha-se ao de um trem movido a vapor. Atravéz da pressão produzida pelas pelas caldeiras, os pistões se movimentavam. A roda menor girava e por sua vez impulsionava a roda maior que bombeava água, para um reservatório existente no alto da serra em seguida era enviada para alguns bairros por gravidade.

A demanda de água foi aumentando e à medida que a população crescia, uma segunda sala foi construída para abrigar a bomba a diesel

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-05
Bomba a Vapor

Sala da Bomba a Diesel

A bomba a diesel (alemâ) é um motor de navio que foi adaptado para o bombeamento de água. Seu funcionamento é parecido com a bomba inglesa, mas com um consumo menor de combustível. Assim foi uma alternativa para aumentar a eficiência do abastecimento, já que havia um crescimento desordenado na cidade. Essa sala era considerada moderna para época, pois a bomba era movida a diesel. A estrutura das janelas e telhados é de ferro, demostrando o aperfeiçoamento obtido com o passar dos anos.

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-06
Bomba Diesel

Sala da Caldeira

A caldeira funcionava igual uma panela de pressão e produzia vapor para movimentar a bomba. Os funcionários que trabalhavam na casa ultilizavam tamancos de madeira para não queimarem as solas dos pés. Durante o trabalho, como a sala da caldeira era muito quente, ocorria o choque térmico quando saíam da casa para pegar carvão mineral e vegetal. Os trabalhadores sofriam também de reumatismo e tuberculose. O funcionamento da casa de bomba estendeu-se até 1949, quando houve uma sobrecarga. Rachaduras podem ser observadas nos fornos e nas paredes.

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-07
Sala da Caldeira
Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-08
Sala da Caldeira

A trilha da Suçuarana

É a principal trilha do núcleo Águas Claras e tem ligação com a Pedra Grande e com o Lago das Carpas. Com 1,2 mil metros de extensão, esta trilha é ladeada por árvores de até 30 metros de altura e recebeu esse nome porque foram encontrados rastros da suçuarana, também conhecida como onça-parda ou puma. Essa é a alternativa menos cansativa para chegar à Pedra Grande.

O núcleo Cabuçu foi inaugurado em 2008 e tem uma árvore muito encontrada na região, a Miconia cabussu, daí o nome deste núcleo. São árvores com folhas grandes, flores brancas e que podem atingir até 12 metros de altura. Esse núcleo é resultado de uma importante parceria entre o Instituto Florestal, o Serviço Autônomo de Abastecimento de Guarulhos e a Secretaria do Meio Ambiente do Município de Guarulhos, e conta com um anfiteatro, áreas de piquenique, playground e trilhas ecológicas.Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-06

Em 1904, foi construída a barragem, conhecida como represa do Cabuçu, que funcionou por mais de 60 anos e foi desativada quando entrou em operação o atual sistema Cantareira. Em 1999, foram iniciados os estudos para reativação do uso da barragem, mas com a finalidade de contribuir com o abastecimento de parte do município de Guarulhos, que teve aumento significativo no número de habitantes. No entanto, como a área foi decretada propriedade do parque em 1963, há a necessidade de desenvolver diversas ações para que seja possível essa reativação.

Localização

Rua do Horto, 1799 – Horto Florestal – São Paulo/SP

Como Chegar

Núcleo Pedra Grande: Acesso pela Marginal Tietê até Av. Eng. Caetano Alvares seguindo pela Av. Sta. Ignês, Av Luís Carlos Gentille de Laet, no cruzamento entrar à esquerda seguindo a R. do Horto até n° 1.799.

Núcleo Engordador: Acesso pela Rod. Fernão Dias até Km 79 sentido SP-BH, entrar na alça de acesso para a Av. Coronel Sezefredo Fagundes, n° 19.100 sentido Mairiporã. Próximo à Pedreira Itacema

Núcleo Águas Claras: Marginal Tietê até a Ponte do Limão, seguindo pela Av. Eng. Caetano Alvares, Av. Água Fria até Av. Nova Cantareira, seguindo-se em frente pela Av. José Ermírio de Moraes. Próximo à divisa SP-Mairiporã

Núcleo Cabuçu: Acesso pela Rod. Fernão Dias até a Casa de David (Km 82 sentido SP-BH), seguir pela Estrada das Três Cruzes até a Av. Pedro de Souza Lopes (antiga Estrada do Cabuçu), nº 7903

Ingressos

Ingresso: R$ 15 (crianças menores de 12 anos, adultos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência não pagam). Estudantes pagam meia-entrada. Dias e horário de funcionamento: sábado, domingo e feriados, das 8h às 17h. Confirmar nos núcleos os horários permitidos para acesso às trilhas.

Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-09

Objetivos específicos da unidade

Preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Todas as Atrações

Núcleo Pedra Grande

Trilha da Pedra Grande

Distância: 6.780m

Caminhada: 3h

Dificuldade: Difícil

Proporciona a vista panorâmica de São Paulo, leva ao Lago (no Núcleo Águas Claras) e ao Mirante da Pedra Grande.

Trilha das Figueiras

Distância: 1.200m

Caminhada: 1h

Dificuldade: Médio

O visitante encontra grandes exemplares de figueiras, que deram nome à trilha, além dos matacões (rochas graníticas) e leva a um maior contato com a fauna e flora.

Trilha da Bica

Distância: 1.500m

Caminhada: 1h

Dificuldade: Médio

Possui a Bica de água e um maior contato com fauna e flora

Trilha do Bugio

Distância: 300 m

Caminhada: 15 minutos

Dificuldade: Fácil

Nela observam-se facilmente os macacos Bugios. É mais utilizada com crianças pequenas, idosos e deficientes físicos.

Outros Atrativos Históricos Culturais: Museu da Pedra Grande e Bosque

Comunidades tradicionais: Não há dentro do parque

Esportes radicais: Caminhada, Trekking

Capacidade da sala de conferência: Não há

Capacidade do auditório: 40

Lanchonete: Não há

Quiosques / área de piquenique: 2 áreas para piquenique

Camping: Não é possível acampar

Facilidades no entorno (pousada, restaurante, transporte coletivo): Possui transporte coletivo na porta do Horto Florestal (aproximadamente 900 m da portaria do Núcleo), restaurantes e lanchonetes

Tipo de acesso (asfalto, terra, mar): Rua asfaltada

Distância da capital: Localiza-se na cidade de São Paulo

Distância das cidades mais próxima: Aproximadamente 10 km do centro da cidade de São Paulo

Núcleo Engordador

Trilha da Cachoeira

Distância: 3.000m

Caminhada: 1h30

Dificuldade: Médio

Encontram-se cachoeiras, córregos, flora exuberante e canos do antigo sistema de abastecimento

Trilha do Macuco

Distância: 646m

Caminhada: 30 minutos

Dificuldade: Fácil

A trilha margeia o Córrego do Curupira, além de passar entre os canos que faziam parte do antigo sistema de abastecimento.

Trilha da Mountain Bike

Distância: 4.000m

Caminhada: 50 minutos

Dificuldade: Médio

Possui obstáculos naturais e flora exuberante

Outros Atrativos Históricos Culturais: Casa da Bomba, Represa, Ducha do Guarú, Cachoeiras e Recanto das Águas

Comunidades tradicionais: Não há dentro do parque

Esportes radicais: Mountain Bike e Caminhada Trekking

Capacidade da sala de conferência: Não há

Capacidade do auditório: 80 pessoas

Lanchonete: Não há

Quiosques / área de piquenique: 2 áreas para piquenique

Camping: Não é possível acampar

Facilidades no entorno (pousada, restaurante, transporte coletivo): Possui transporte coletivo na Avenida Coronel Sezefredo Fagundes (aproximadamente a 700m da portaria do Núcleo).

Tipo de acesso (asfalto, terra, mar): Asfalto e pequena estrada de terra

Distância da capital: Localiza-se na cidade de São Paulo

Distância das cidades mais próxima: Aproximadamente 22 km do centro da cidade de São Paulo

Núcleo Águas Claras

Trilha das Águas

Distância: 320m

Caminhada: 20 minutos

Dificuldade: Fácil

Percorre o ribeirão de mesmo nome e pequenas corredeiras.

Trilha da Suçuarana

Distância: 3.700m

Caminhada: 1h30

Dificuldade: Fácil

Vegetação exótica introduzida (pinheiros), flora nativa exuberante e dá acesso ao lago e ao Mirante da Pedra Grande.

Trilha da Samambaiaçu

Distância: 1.410m

Caminhada: 50 minutos

Dificuldade: Médio

Seu principal atrativo é a Alameda de Samambaiaçu

Outros Atrativos Históricos Culturais: Lago

Comunidades tradicionais: Não há dentro do parque

Esportes radicais: Caminhada Trekking

Capacidade da sala de conferência: Não há

Capacidade do auditório: 50 pessoas

Lanchonete: Não há

Quiosques / área de piquenique: 1 área para piquenique

Camping: Não é possível acampar

Facilidades no entorno (pousada, restaurante, transporte coletivo): Não possui transporte coletivo

Tipo de acesso (asfalto, terra, mar): Estrada de asfalto

Distância da capital: Localiza-se em Mairiporã

Distância das cidades mais próxima: Aproximadamente 19 km do centro da cidade de SP

Núcleo Cabuçu

Trilha do Tapiti

Distância: 250 m

Caminhada: 20 minutos

Dificuldade: Fácil

Possui Araucárias, Cabuçus e Cambucis

Trilha da Jaguatirica

Distância: 1.000m

Caminhada: 50 minutos

Dificuldade: Média

Nela o visitante percebe o contraste entre espécies introduzidas há décadas (pinheiro e bambu) e a exuberante vegetação nativa.

Trilha da Sagüi

Distância: 730m

Caminhada: 30 minutos

Dificuldade: Média

Seu atrativo principal é um antigo forno usado para a produção de carvão vegetal, além de pequenos córregos afluentes da represa. É comum avistar um bando de sagüis-da-serra-escuro que frequenta a área.

Trilha da Cachoeira

Distância: 5.220m

Caminhada: 3h

Dificuldade: Difícil

Possui cursos d´água e cachoeira

Outros Atrativos Históricos Culturais: Barragem do Cabuçu, Clarificador, Recanto do Bugio, forno para produção vegetal e cachoeira

Comunidades tradicionais: Não há dentro do parque

Esportes radicais: Caminhada Trekking

Capacidade da sala de conferência: Não há

Capacidade do auditório: 99 pessoas

Lanchonete: Não há

Quiosques / área de piquenique: 2 áreas para piquenique

Camping: Não é possível acampar

Facilidades no entorno (pousada, restaurante, transporte coletivo): Possui transporte coletivo na porta do Núcleo e hotel nas imediações

Tipo de acesso (asfalto, terra, mar): Rua asfaltada

Distância da capital: Localiza-se em Guarulhos

Distância das cidades mais próxima: Aproximadamente 24 km do centro da cidade de São Paulo

Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-10
Ligue sempre antes de ir a qualquer parque

Aspectos naturais

O Parque Estadual da Cantareira está inserido em seis bacias hidrográficas, sendo: do rio Cabuçu de Baixo, do ribeirão Santa Inês, do ribeirão Águas Claras, do ribeirão São Pedro, do rio Baquirivu e do rio Cabuçu de Cima. Representando parte das áreas destas bacias, suas terras abrigam as nascentes desses rios.

Relevo e clima

Relevo

O ponto mais baixo é de 750m na Barragem do Cabuçu e mais alto atinge 1200 m no Morro do Pavão (Pau Furado).

Segundo o Mapa de Unidades de Relevo do Brasil, a região localiza-se nas Escarpas e Reversos da Serra do Mar e da Mantiqueira, que constitui o denominado Planalto Atlântico. Nesse planalto a área ocupa a zona de contato entre as Colinas de São Paulo do Planalto Paulistano, onde ocorrem relevos de Morrotes baixos e de Colinas pequenas com espigões locais; e a Serrania de São Roque, que é constituída por Morros arredondados, Mar de Morros, Morros com serras restritas e Serras alongadas.

A área esta localizada na borda norte do Rift Continental do Sudeste do Brasil, ocupando a zona limítrofe entre a Bacia de São Paulo e a Bacia de Taubaté, no contato entre os sedimentos terciários e as rochas do embasamento cristalino, que em vários pontos esta associada a linhas de falhas, coincidentes com zonas de cizalhamento proterozóicas.

Condicionados pelas diferentes tipos de rocha e de relevo foram identificados na área, à presença de Argissolo Vermelho-Amarelo e Latossolo Vermelho-Amarelo, que se associam a: Latossolo Câmbico, Cambissolo Háplico, Afloramento Rochoso, e Gleissolos Háplico nas planícies fluviais e fluvio-coluviais.Nucleo-engordador-Das-Trips-Leandro-Mikk-11

Clima

O clima na região é classificado como mesotérmico e úmido com verão chuvoso e inverno seco (Cwa de Koeppen), em que os meses com temperaturas médias mais elevadas são janeiro e fevereiro, com 23ºC e 22,8ºC, respectivamente, e os meses com temperaturas mais reduzidas são junho e julho, com 16,6ºC e 16,5ºC, respectivamente.

Apesar da temperatura média no Parque se r de 19,9ºC, podem ocorrer temperaturas máximas absolutas acima dos 34º C, o que ocorreu nos meses de janeiro, outubro e dezembro.

O período chuvoso estende-se de outubro a março, sendo o período seco entre os meses de abril a setembro. A precipitação média anual é de 1.322 mm por ano (série 1992-2007), sendo que o mês mais chuvoso é Janeiro (229,8 mm) e o mês mais seco é Agosto (31,7 mm).

Fauna e flora

Fauna

Em relação à fauna estima-se que um total de 388 espécies de vertebrados esteja presente no Parque, dos quais 97 são mamíferos, 233 são aves, 28 são anfíbios, 20 são répteis e 10 são peixes. Para invertebrados, há registros de 478 espécies, das quais 91 espécies de abelhas, 303 espécies de aracnídeos, 62 espécies de formigas e 22 espécies de culicídeos. O total estimado de espécies da fauna é de 866 espécies.

Flora

A principal formação vegetacional do PEC é a Floresta Ombrófila Densa Montana em diversos estágios de regeneração originada a partir da regeneração florestal de áreas que foram adquiridas no final do século XIX para o abastecimento de água da cidade de São Paulo. Predominam no Parque as florestas em estádio médio de regeneração. Há poucos trechos significativos de floresta em estágios avançado e maduro.

Ao reunir as diversas fontes de informação, foram selecionados registros referentes a 678 espécies no PEC. Essas espécies estão distribuídas em 120 famílias e 338 gêneros. Dentre essas espécies, 650 são angiospermas (Magnoliophyta), 1 é gimnosperma (Pinophyta) e 27 são pteridófitas (Pteridophyta).

Problemas e ameaças

As principais atividades conflitantes com os objetivos da unidade de conservação no PEC são resultado dos vetores de pressão urbana localizados no entorno e no interior da unidade, entre eles o despejo de resíduos e os diversos usos indevidos.Nucleo-pedra-grande-Das-Trips-Leandro-Mikk-10 copy

As estradas e a Rodovia BR-381 (Fernão Dias) que cortam o Parque e permitem o acesso indiscriminado ao interior da unidade causando sérios danos.

Pra você que é #Das Trips essa é uma ótima opção para o seu roteiro de Aventura

Gostou?

Deixa aí um comentário.

Booking.com

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.