Donald Trump: Vai criar uma Força Espacial para garantir supremacia dos EUA

Image and video hosting by TinyPic

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje (18) que vai criar um novo departamento militar para “garantir o domínio norte-americano no espaço”. Dessa maneira, as forças militares dos EUA ficariam com seis departamentos, hoje formados por Exército, Marinha, Fuzileiros Navais, Força Aérea e Guarda Costeira.

Trump: nós vamos ter a Força Aérea e nós vamos ter a ‘Força Espacial’. Separada, mas igual

“Não é apenas ter uma presença norte-americana no espaço. Nós precisamos ter o domínio dos EUA no espaço”, disse Donald Trump durante um encontro com o Conselho Nacional do Espaço. “Nós vamos ter a Força Aérea e nós vamos ter a ‘Força Espacial’. Separada, mas igual”, adicionou.

Como a Reuters relembrou, os Estados Unidos fazem parte do Tratado do Espaço Exterior de 1967. Isso significa que o país de Trump não posicionar armas de destruição em massa no espaço — além disso, que corpos celestes (Lua, por exemplo) só podem ser usados para fins pacíficos.

  • Trump brinca, mas depois diz falar sério sobre “Força Militar Espacial”

“O espaço é um domínio de guerra, por isso é vital que nossas Forças Armadas mantenham seu domínio e vantagem competitiva nesse domínio”, disse um oficial dos EUA que falou sob condição de anonimato para a Reuters.

Foto da Terra vista do espaço. O astronauta britânico Tim Peake, que está morando na ISS (Estação Espacial Internacional), fotografou a noite.

Não é a primeira vez que Donald Trump fala sobre o desenvolvimento de uma Força Espacial para os EUA. Da última vez que isso aconteceu, em 2017, militares da Força Aérea comentaram que isso seria “um movimento na direção errada”.

Agora, o Congresso dos EUA terá que aprovar a criação do departamento. Segundo o senador democrata Bill Nelson, “felizmente, o presidente não pode fazer isso sem o Congresso, porque agora não é a hora de dividir a Força Aérea. Muitas missões estão em jogo”.

Fonte: tecmundo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.