Machu Picchu – Peru: mais de uma opção para chegar a cidade dos Incas sem estourar o orçamento da sua viagem, partindo de Cusco

Image and video hosting by TinyPic

 

Existem muitas maneiras de chegar até as colinas de Machu Piccho. Quando vi minha chegada no Peru se aproximando bateu logo a grande e velha ansiedade.

Além do Camino Inca, existem outras caminhadas; incluindo o rápido crescimento do Treking Salkantay, O trem da morte que sai de corumba Brasil e o Inca Jungle Tour; um espetáculo multidisciplinar envolvendo trekking, bike, tirolesa e rafting. Na minha opnião o mais Top, mais tem que reservar uma verba um pouco maior.

Não-caminhantes também pode optar por tomar um trem; e chegar até Aguas Calientes de Cusco (essa é a opção mais caro) ou a partir de Ollantaytambo (fazendo o seu caminho por terra). Nessa opção, fiz por conta de Cusco até a cidade de Ollantaytambo e Aguas Calientes. Na verdade a mesma van que parte de Cusco das agências de turismo, para aguas Calientes, passa em Ollantaytambo e pega alguns os viajantes, o processo é o mesmo na volta.

A qualquer momento e em qualquer lugar de Cusco, pode tomar informação sobre onde pegar as Vans para Ollantaytambo.

VALE A PENA o DINHEIRO?

Quando começar a pesquisar, você vai notar a que sua carteira vai começa a doer, juntamente com o seu cérebro: Alguns destes passeios são tão caros que muitos viajantes – particularmente os estudantes e aqueles de nós que ainda estão fazendo algum dinheiro para viajar – vai pirar nos francamente bastante enormes custos cobrados por alguns operadores para caminhadas e passeios. “Ohh, olhar é tão turístico, eu não vou”, é uma queixa às vezes ouvi ao longo dos caminhos batidos para Cusco.

Nessa foto, você nota que são três degraus para subir no próximo andar!
Nessa foto, você nota que são três degraus para subir no próximo andar!

Mas espere: Machu Picchu é famosa por uma razão. Algo aconteceu lá. Foi difícil criar. Nós realmente não sabemos como eles fizeram isso então. Assim muitos locais no mundo são assim: Touristy por uma razão. Se você realmente estiver perto da Grande Muralha não vai querer dar uma olhada? Propositadamente não ver a Torre Eiffel, porque 100.000 outras pessoas também viu naquele dia?

Visite Machu Picchu sem quebrar o banco

Pra chegar até Machu Picchu você não precisa quebrar o banco. Fique tranquilo! Neste post, você verá uma conta tintim por tintim de como chegar em Aguas Calientes via mais de uma opção; fazendo o seu caminho para a Estação Hidrelétrica do vale de transportes local, antes de seguir os trilhos do trem para Aguas Calientes. Outros blogs descrevem esta viagem, embora como os preços mudaram desde então (eu vou te dar os valores de 2016!) É necessário atualizá-lo um pouco. Coloque em torno de S/5 a mais em qualquer valor publicado aqui.

A caminho da hidroelétrica. Foto tirada da van
A caminho da hidroelétrica. Foto tirada da van

A maneira de alcançar  Machu Picchu ainda é um desafio a todo tempo (você terá uma experiência muito “loca” em alguns desses lugares!) E é um que está se tornando cada vez mais popular entre os viajantes. Importante, que irá permitir que você salve um pouco do seu Soles (moeda local) para outras delícias peruanas depois ao longo do caminho. O destino é o mesmo, afinal de contas.

Como chegar a Machu Picchu de trem

Trens partem de Ollantaytambo, 1hr 45min de Cuzco, várias partidas diárias, variando muito em preço (55-85 USD one way). Para chegar a Ollantaytambo, pegue um collectivo na (Calle: Pavitos em Cuzco, 10 soles por pessoa).

Eles começam cedo, por volta das 3 da manhã, e correm a cada meia hora. Procure uma van nova com cintos de segurança. Ollantaytambo é uma cidade encantadora com algumas ruínas próprias, por isso é uma boa idéia pegar o ônibus, passar uma noite em Ollantaytambo, depois pegar o trem para Aguas Calientes na manhã seguinte. Também é possível pegar o trem de fora de Cuzco, mas isso é ainda mais caro.

A viagem de trem panorâmico pelo Vale Sagrado leva cerca de 1 hora e 45 minutos também. Os ingressos devem ser comprados antecipadamente, on-line ou no escritório da Peru Rail, na Plaza de Armas, em Cuzco. Tente reservar com vários dias de antecedência, se possível, especialmente na alta temporada. Não é possível selecionar os seus próprios lugares online, por isso, se tiver uma preferência, compre-os na estação. Os carros “Vistadome” são os carros de gama média, com cadeiras mais confortáveis e refeições servidas. Se você preferir andar em grande estilo, opte pelo ‘Hiram Bingham’, com refeições gourmet e um vagão de observação (algumas centenas de dólares).

A pé

Para ir de Cusco a Hydroelectrica você tem 2 opções:

01- Você pode pegar um microônibus com qualquer uma das agências de turismo diretamente para a Hydroelectrica partindo de cusco para a passagem de volta S / 80 (preço que eles lhe pedirão, em agosto de 2016, você pode negociar até s65 ou s70. EM Ollantaytambo Você também tem a opção de pegar o microônibus até Aguas Calientes.

Para pegar o microônibus de retorno você só precisa manter o seu bilhete e aparecer na Hydroelectrica no dia acordado (geralmente 1 ou 2 dias depois) por volta das 14:30 (confirmar o horário com a agência).

Algumas agências não lhe dão um ingresso, mas devem ter seu nome registrado e lhe darão um nome de grupo para ouvir. O ônibus leva 7h para a Hydroelectrica e geralmente 6h para retornar, com intervalos. Observe que você também pode obter apenas uma passagem de ida Cusco-Hydroelectrica em uma agência; para o retorno houve um microônibus esperando na Hydroelectrica e pedindo apenas  s25 para retornar a Cusco (NÃO pague s45 ou preços altos similares solicitados por caras esperando no caminho de volta!)

Trem que leva até Aguas Calientes
Trem que leva até Aguas Calientes

02 – Ou faça a viagem em transporte público: para chegar a Santa Teresa, pegue um ônibus em direção a Quillabamba saindo de Cusco e va até Santa Maria. O ônibus sai de Cusco às 8h (da estação de ônibus de Santiago – S / 20) e passa por Ollantaytambo, Urubumba e Santa Maria. É uma viagem de 7 horas de Cusco a Santa Maria. Você também pode pegar uma Minivan (Colectivo) que sai ao lado dos ônibus (S / 25-30 as 4 horas). Em Santa Maria, pegue um ônibus de conexão para Santa Teresa (S / 6, 1:50 horas) ou um táxi (S / 10, 1 hora). Caminhe por 2 horas ou pegue um ônibus (S / 5) até a usina hidroeléctrica. De lá, são duas horas de caminhada até Aguas Calientes, mas também é possível pegar um trem por US $ 33,00 para Machu Picchu Pueblo, possivelmente muito mais barato se você for peruano (deixa hidroeléctrica às 16h). Como os trilhos ainda estão em uso, tenha cuidado, especialmente ao cruzar pontes e nos túneis.

Há também caminhos de caminhadas provenientes de Mollepata, Cachora e Huanicapa para os extremamente aventureiros. Você vai querer colocar as mãos em alguns mapas topográficos de antemão, Caminhadas e Treking em torno de Cusco está disponível para cerca de S / .25.00 para S /. 30.00 e tem detalhes sobre as rotas que você pode tomar.

Confira também a trilha Salkantay que termina em Santa Teresa”

A minha opção para chegar foi a 01, agora para a opção 02, façam uma pesquisa e se possível, entre em contato com alguma pessoas que utilizou essa forma.

Hidroelétrica a Aguas Calientes:

Hidroelétrica a Aguas Calientes a pé: (! Freeee) Aprox 2-3 horas.

O caminho é totalmente plano, embora muito seixos. Você vai passar por riachos e estar constantemente na base de algum tipo de afloramento escarpadas ou ruína. Câmeras para fora aqui!

A caminhada

Como você está simplesmente seguindo os trilhos do trem, novamente este é um passo à prova de idiota. Apenas sigam adiante… embora, obviamente, não andando nos trilhos, como um trem (preenchido com os viajantes mais ricos do que você!) Definitivamente vai passá-lo em algum ponto.

Início da caminhada na hidroelétrica
Início da caminhada na hidroelétrica
No caminho alguns restaurantes
No caminho alguns restaurantes
A única ponte que você cruzará no seu caminho...
A única ponte que você cruzará no seu caminho…

Hospedagem e alimentação em Aguas Calientes

Aguas Calientes é conhecida por ser extortionately caro … e sim, ele é. Mas ainda há opções disponíveis para você se o seu gosto é mais orçamento (ou você bebeu sua alma esolasembora na forma de muitocusqueñacerveja na noite anterior).

Hotel Condor Palace
Hotel Condor Palace

Na Avenida Pachacutec, você vai encontrar camas em quartos duplos com casa de banho privada que vão para S / 15-20 por pessoa (cerca de US $ 7,50). Nesta rua também, existemmenús(Sopa e refeições principais estilo de combinação) para S / 15, embora ruas laterais próximas também tê-los para tão barato quanto S / 7. Para as refeições ainda mais barato (menos de S / 10), experimente o mercado central (Mercado Central) Para os menus semelhantes. Pequeno-almoço no mercado será fixado de volta em torno de S / 5 para um café e pão / brinde combinação, em vez do S / 12-15 você encontrará na cidade.

Definitivamente recomendado para trazer seus próprios lanches, frutas etc de Cusco … como aqueles pequenos pedaços ‘n’ bobs realmente somar.

Você tem duas opções para chegar até o cume de Machu Picchu a partir de Aguas Calientes: De ônibus, ou a pé.

Os ônibus saem regularmente da Avenida Hermanos Ayar e custo S / 25 de uma forma ou / 45 retorno S.

Fila para os Micro-ônibus, na subida a Machu Picchu
Fila para os Micro-ônibus, na subida a Machu Picchu

Andar a pé irá levá-lo cerca de uma hora se você for rápido e saudável. É uma caminhada fácil (em que você está simplesmente seguindo a estrada o ônibus leva e não envolve nenhum navegação) embora lembre-se que é implacavelmente difícil.

O que comer em Aguas Calientes

A cidade está cheia de pizzarias, que são opções segura de comer. Menu Hoy ou Menu de hoje é geralmente S / .10.00 – S / .15.00 e dependendo de onde você vai.

Palta Rellena (Abacate Recheado) Sopa Prato Principal (geralmente truta, carne ou frango) Chá, Café, Suco de Fruta, Vinho ou Pisco Sour

Alpaca é definitivamente vale a pena tentar se você tiver a chance, na minha opinião, o gosto melhor do que carne de vaca ou de cordeiro.

Bares e restaurantes
Bares e restaurantes

Os restaurantes menores no alto da colina costumam oferecer o dobro da comida pela metade do preço do que os estabelecimentos maiores, e a qualidade é geralmente a mesma.

Indio Feliz é um bom restaurante francês para aqueles que querem gastar um pouco mais do que em outros lugares. Refeições custará cerca de 30 soles mais bebidas, mas a comida é excelente. Há também um menu de 70 soles com preço fixo que oferece três cursos é um bom valor. O restaurante é de propriedade de um francês e sua esposa peruana, ambos muito amigáveis.

Cada restaurante tem um cara de publicidade que lhe dará um cartão de visita e seu nome – pode ficar muito chato, pois há muitos restaurantes que tentam atraí-lo em seu estabelecimento. O homem do anúncio irá levá-lo para o bar / restaurante e sede você e para isso eles vão receber um imposto de 10% adicionado à sua conta final e, em seguida, se o serviço foi bom você vai querer derrubar os 10% normais da conta . Você vai acabar dando 20%.

O que beber em Aguas Calientes

Muitos bares tentam atrair clientes com 4 por 1 happy hours com duração de toda a noite. Tenha em atenção que o preço é quatro vezes superior aos preços normais em Cuzco. Esses “quatro” coquetéis também têm o tamanho de um coquetel de preço normal. Muitas vezes não é um negócio terrível, mas não é verdadeiramente quatro por um.

Sinais alertam que não é permitido vender e / ou consumir bebidas alcoólicas após as 23h. No entanto, não é muito difícil encontrar um lugar para beber algumas cervejas depois dessa hora.


A foto classica

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Repartição custo por pessoa

Transporte em: S / 40

Transporte para fora: S / 35

Noite em Aguas Calientes: S / 25

Menu: S / 10

Água: S / 4,50

Ônibus para a cúpula: S / 45 (meu companheiro de viagem foi violentamente doente e não podia andar)

Pequeno-almoço: S / 12 (encontrei a opção de mercado tarde demais)

A entrada para Machupicchu incluindo Machupicchu Montaña: S / 140 (Paguei metade com a carteirinha de estudante Brasileira)

TOTAL: S / 303.5 ou cerca de US $ 116


Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Machu Piccchu-Leandro-Mikk

Isso pode não ser para todos, como alguns poderiam argumentar que a experiência de caminhar uma trilha não vale bem a pena o custo (em média foi gasto cerca de S /  500 para caminhar até a cidade dos Inca). E até certo ponto, eu concordo. Mas eu estava bem ciente de que este não foi o único top bela montanha para ver no Peru – e que funde uma grande parte do meu orçamento em chegar lá não me faria mais feliz do que fazê-lo eu mesmo. Embora seja geralmente o oposto, para mim, desta vez o destino era a coisa mais importante…

Dica: depois de uma hora de caminhada com o céu limpo, é possível ver bem lá no alto uma parte de Machu Picchu. Talvez, assim como foi pra mim, será um combustível para a outra metade da sua caminhada.

Conheça mais sobre Leandro Mikk:
https://www.instagram.com/leandro_mikk/

 

Pra você que é #Das Trips e vai fazer o seu primeiro Mochilão na America do Sul, essa é uma ótima opção para o seu roteiro.

Gostou?

Deixa aí um comentário.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.