Santiago do Chile: pode se mostrar assustador pela primeira vez tentando passear em seus bairros

Seguros Promo

Com uma área de superfície aproximadamente igual a Nova York ou Paris, Santiago pode se mostrar assustador pela primeira vez tentando passear em seus bairros e distritos. Felizmente, muitos dos bairros mais interessantes de Santiago ficam a pouca distância um do outro e são bem conectados pelo extenso sistema de transporte público da cidade.

Moeda do Chile

A moeda do Chile é o peso chileno, que atualmente vale 708,80 pesos para 1 dólar e 106,07 pesos para 1 real. São alguns centavos que vazem a diferença na hora do câmbio

Orientando-se

Delimitada por montanhas e atravessada pelo Rio Mapocho, Santiago é um lugar bastante difícil de se perder. A íngreme parede cinza dos Andes marca a borda leste de Santiago e é facilmente visível de todos os pontos da cidade, exceto nos dias de inverno mais nevoentos. O Mapocho vai de leste a oeste ao longo do extremo norte do centro, dividindo o distrito de Recoleta do centro de Santiago e a área de vida noturna de Bellavista do resto da Providencia. Nessa foto estou sobre a ponte Pio Nono é a transição para o charmoso bairro Bellavista e fica sobre o rio Mapocho. Conforme a prefeitura de Santiago del Chile, o número de cadeados já passa dos 5.000.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-01
A ponte Pio Non

Minha jornada deu início em: Sucre capital da Bolívia, passando pelo Salar de Uyuni e San Pedro de Atacama, onde tomei um ônibus com tempo de 24h de viajem, praticamente sem comer, poís a atendente do guichê na rodoviá disse que tinha serviço de bordo. O único serviço que tinha era o banheiro. Então por volta de 3h antes de chegar no meu destino Santiago do Chile, entrou uma senhora vendendo alguns pães doce, comprei alguns e comi como se estivesse comido pela primeira vez um pão doce.

Quando sai de San Pedro de Atacama, tinha apenas alguns biscoitos doce, sopa Vono e algumas frutas, passei 24h nessa situação racionado toda a alimentação.

Cheguei no Egali Hostel por volta de 17h, reservei pelo booking.com, este hostel está localizado na comuna de Providencia, é uma escola de idiomas que recebe viajantes de todo lugar, junto com alunos e funcionários. Uma ótima escolha para Viajantes/Mochileiros  que apreciam degustações de vinhos, restaurantes e paisagens. Esta é a parte de Santiago os viajantes mais gostam. Foram se não me engano, cerca de CLP 27,130 (cerca de R$150,00) os quatro dias, (12/06/18).

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-02
Sala de estar
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-03
Sala de jogos
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-04
Área externa

Sempre que chegamos em uma cidade, vamos logo nas agências de tour e contratamos os passeios, no caso de Santiago do Chile é ao contrario, no hostel tem tanta gente trabalhando para cubrir as despesas dos estudos que nego vende de tudo, qualquer tipo de tour, são todos representantes de vendas das agências de viagens do centro da cidade.

Outro bom marco é o Cerro San Cristóbal, ou a Colina de São Cristóvão, uma das entradas fica bem perto do metro Pedro de Valdivia, o verde parque metropolitano encimado por torres de rádio e uma estátua branca da Virgem Maria. Localizado na extremidade mais central da colina, a estátua da Virgem tem vista para Pio Nono (uma das principais vias de comunicação de Bellavista) e sobre o rio para Baquedano, uma das maiores praças da cidade. Com estes três principais marcos, deve ser sempre fácil se orientar na capital chilena.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-05
Entrada do parque
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-06
A espera do bondinho
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-07
Vista de dentro do bondinho
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-08
Cruzes espalhadas

Virgem Imaculada

Este é um lugar de oferendas e velas e itens pessoais para Virgem Imaculada da Conceição. Eu não consegui pensar em um pedido na época, o único pedido que sempre faço em lugares sagrados é saúde, o restante, fica por conta do destido e minha dedicação a viver sempre bem e melhor. Sem demagogia, minha vida já é fantástica e imaginei que, se a Virgem Maria pudesse resolver a fome no mundo ou algo assim, já estaria bom. Então resolvi e aproveitei a oportunidade para agradecer deixando o primeiro item que eu peguei na minha mochila, enfiei a mão e lá estava ela, a “touca” ela passou por tantos lugares comigo então vai que alguma pessoas passe por esse mesmo lugar e esteja sentindo frio e pegue para se aquecer

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-09
Oferendas e velas para Virgem Imaculada da Conceição
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-10
Oferendas e velas para Virgem Imaculada da Conceição
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-11
Virgem Imaculada da Conceição

Eu particularmente, não tive interesse em fazer os mais populares tour da cidade como: Torres del Paine, Valparaíso, Valle Nevado, Viña del Mar.

Clima em Santiago do Chile

O clima é mediterrâneo, com invernos amenos e verões muito quentes e secos. Durante o inverno, geralmente só aparece nos Andes, que ficam a uma hora e meia da cidade. As temperaturas durante a noite podem cair para cerca de 0 ºC nos dias mais frios, mas o acúmulo de neve é ​​muito raro. Ele fica progressivamente mais quente em direção ao verão. Os verões são bastante secos, embora você possa sentir alguma umidade às vezes. A temperatura pode chegar a 35ºC. ​​Devido ao efeito de inversão na bacia de Santiago e outros fatores, a qualidade do ar de inverno nesta área pode ser insalubre, em grande parte devido a altas concentrações de material particulado. Todas minhas bebidas ficavam praticamente gelada em baixo da minha cama no quarto do Hostel.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-13
Gelo sobre a mesa feita de pallet de madeira
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-12
Não necessita de balde com gelo

Casa de cambio em Santiago do Chile

Há muitas casas de câmbio em Santiago e você consegue encontrar as melhores cotações no centro da cidade, principalmente na Rua Agustinas. Ali há diversas casas de câmbio e você tem a possibilidade de avaliar o melhor preços entre elas e garantir uma cotação mais vantajosa.

As casas de câmbio mais populares em Santiago são: Afex, Cambio Santiago e Brollano. A que normalmente dispõe a melhor cotação no bairro Providencia (bairro onde se concentra muitos turistas) é uma filial da Cambio Santiago, que está localizada na esquina das avenidas Pedro de Valdívia e Providencia está escondida bem atrás de um comércio da Starbucks.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-14
Centro da cidade

Metro

Uma das melhores maneiras de contornar o Santiago é usar o seu sistema de metrô limpo e eficiente. A partir de agora, cinco linhas conectam vários pontos da cidade, com mais duas previstas para construção nos próximos anos. Os preços variam de CLP 510 (cerca de R$2,80) nas horas de baixo tráfego para CLP 620 (cerca de R$3,50) nos horários de pico. O metrô funciona das 6h às 23h, de segunda a sexta, das 6h30 às 23h aos sábados e das 8h às 22h aos domingos. Os passageiros podem embarcar usando bilhetes individuais comprados no balcão ou usando um Bip! cartão, que também fornece acesso ao sistema de barramento.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-15
Metro em Santiago do Chile

Embora o sistema de metrô ainda não tenha atingido grandes áreas da cidade, ele percorre a maioria das áreas atraentes para os visitantes. As linhas 1 e 5 (vermelha e verde) cruzam o centro histórico de Santiago, com a Linha 1 continuando através da Providencia até os subúrbios do leste, e a Linha 5 cortando o sudeste. A linha 2 vai de norte a sul e conecta os principais mercados, como o La Vega Central (Patronato), o Mercado Central (Puente Cal e o Canto) e mais ao sul o Persa Bio Bio (Franklin). As linhas 4 e 4A (ambas em tons de azul) correm ao longo da borda leste e sudeste da cidade. A maioria dos visitantes os usará com pouca frequência, exceto para chegar à Plaza Puente Alto, de onde os ônibus de Santiago estão disponíveis para o belo Cajón del Maipo.

Ônibus

O sistema Transantiago, que foi inaugurado em 2007, inclui o sistema de metrô, bem como a rede de ônibus, que percorre toda a cidade. Para a maioria dos visitantes, a complexidade do sistema de ônibus combinado com a conveniência do metrô o tornará uma opção menos popular, mas para alguns destinos (os bares e restaurantes ao redor da Plaza Ñuñoa, por exemplo) o ônibus continua sendo a melhor opção.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-16
Tour pela cidade

Ao planejar o uso do ônibus, o planejador de viagens do site Transantiago permite que você insira os pontos de início e fim, bem como o modo de transporte preferido. Em seguida, gera uma rota útil para guiá-lo pela jornada. Você só pode embarcar em um ônibus usando seu Bip! cartão, e feiras após um passeio de metrô são gratuitas. A tarifa básica de ônibus sem o metrô incluído é de CLP 540 (cerca de R$3,00) e permanece a mesma durante todo o dia. Ao contrário do metrô, os ônibus atrasam, alguns passam a noite toda. Vale a pena conferir horários de ônibus no site do Transantiago para ter certeza do momento da sua viagem.

Gran Torre Santiago

É um arranha-céu de 300 metros de altura em Santiago do Chile, e o mais alto da América Latina. É parte do complexo centro de Costanera; que inclui um centro comercial, 2 hotéis e 2 torres dos escritórios.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-17
Gran Torre Santiago

Existem 7 andares de lojas e serviços, incluindo; joalheiros, livrarias, moda e acessórios de alta qualidade, artigos esportivos, utensílios de cozinha, decoração de interiores e muito mais. Possui uma variedade de marcas estrangeiras – TopShop, Zara, Levi, Bobbi Brown, M.A.C., Espirit, Hugo Boss, Calvin Klein, Steve Madden, Victoria’s Secret e H & M, para citar apenas algumas. Todas as empresas de telefonia celular, TV e provedor de internet têm escritórios no subsolo, juntamente com a Easy (loja de hardware / casa e jardim) e um andar acima, um enorme supermercado Jumbo.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-18
Costanera Center

Claro, as três principais lojas de departamentos do Chile também estão aqui: Paris, Ripley e Falabella. Há estacionamento no local para que você possa carregar seus montes de compras em seu carro com facilidade e um Starbucks do lado de fora para rejuvenescer depois da maratona de compras. Se você procura comida adequada, há uma enorme variedade de restaurantes e uma praça de alimentação nos níveis superiores. Há até um cinema, o CinePlanet, que mostra os últimos lançamentos, certifique-se de comprar ingressos para o sub (legendado) e não para dublar (apelidado) se quiser assisti-los em inglês.

O shopping está aberto das 10h às 22h, com o Jumbo abrindo mais cedo e algumas lojas fechando às 21h, alguns restaurantes e o cinema permanecem abertos até as 11h-12h. Os restaurantes e o cinema também estão abertos na maioria dos feriados, por isso é uma boa aposta quando o resto da cidade está fechado. Eles também colocam em uma exibição de decoração de feriado anual impressionante ao longo do centro comercial, se você precisar entrar no espírito de feriado enquanto fazendo compras para presentes pare por, em dezembro que normalmente pode visitar também com o Pai Natal!

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-19
Costanera Center

Bicicleta

Embora as bicicletas só recentemente tenham começado a se tornar comuns nas ruas de Santiago, a cidade está rapidamente se tornando mais amigável com a introdução de ciclovias e a Bicimapa criada pelo Centro de Bicicultura. Para o visitante casual, participar de um passeio ou alugar uma bicicleta é uma ótima maneira de conhecer as atrações do centro da cidade.

O distrito de Providencia também posicionou mais de 150 bicicletas em pontos estratégicos das principais estradas e praças. Para usá-los, você deve se inscrever com um endereço registrado no distrito de Providencia. Infelizmente, estes estão indisponíveis para os turistas, mas são um bom meio de navegar na cidade para os estudantes que vivem na área.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-20
Passeio de bicicleta em Santiago do Chile

Para outros residentes de curto ou longo prazo, comprar uma bicicleta pode ser um bom investimento. A rua San Diego é conhecida em Santiago como o melhor lugar para encontrar a maior variedade de bicicletas. Para uma bicicleta barata de segunda mão, uma visita ao Persa Bio Bio – o maior mercado de pulgas de Santiago, realizado aos sábados e domingos – pode gerar ótimos resultados para o comprador persistente.

Táxis

Três tipos de táxis estão disponíveis em Santiago e são uma boa alternativa quando se viaja tarde da noite. É mais provável que os visitantes usem os táxis pretos e amarelos padrão, que são fáceis de encontrar durante o dia nas principais ruas, e cobram com base na distância percorrida com um preço base publicado na janela. Ao contrário dos táxis comuns, que são pretos com telhados amarelos, os colectivos são todos negros, com grandes placas brancas no topo, indicando o seu percurso. Em vez de cobrar pela distância, os colectivos cobram uma taxa fixa por passageiro e correm em rotas predeterminadas pela cidade. Os táxis de rádio, que são normalmente indistinguíveis dos carros comuns, podem ser encomendados à sua porta e geralmente cobram uma taxa fixa, dependendo do seu destino.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-21
Dom Pedro de Valdivia

Tour andando

Apesar de seu tamanho, Santiago é facilmente percorrível. Provavelmente a melhor maneira de ver a cidade é escolher um dos muitos vizinhos e passear pelas ruas para ter uma noção melhor de sua atmosfera e características únicas. Pegue um metrô e saia numa quarta ou quinta de dia normal na (Linha 5) para passear por Bairros Yungay ou Brasil. Pegue a linha 1 até Los Leones e caminhe ao longo da Avenida Providencia até o centro, passando por alguns dos bares e restaurantes mais populares da cidade. Pegue o ônibus para a Plaza Ñuñoa para desfrutar de seus cafés casuais e espaços de concertos. Atravessar o transporte público de Santiago é fácil quando você sabe para onde está indo. Quando você chega lá, no entanto, é melhor não fazer isso.

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-22
Mercado Central
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-24
Mercado Central
Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-25
Mercado Central

Como se comunicar em Santiago do Chile

O espanhol é a língua oficial do país e é falado em todos os lugares. Os chilenos usam um dialeto distinto chamado Castellano del Chile com uma variedade de diferenças de pronúncia, gramática, vocabulário e uso de gírias. Estrangeiros de língua espanhola não terão problemas em entendê-lo e só acharão engraçado, mas os não-nativos muitas vezes lutam para compreendê-lo, mesmo com anos de prática. Se você pedir às pessoas que falem “espanhol neutro”, elas podem fazer isso por você; as pessoas só falam esse dialeto em situações informais e isso não se traduz em uma diferença formal de gramática (como com o espanhol argentino).

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-26

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-27

Santiago-do-Chile-Das-Trips-Leandro-Mikk-28

Maconha (Marijuana ou Cannabis)

A maconha é legal no Chile?

É legal consumir maconha em casa e ter uma pequena quantidade para uso pessoal (5-10 gramas), e o uso medicinal também é permitido, mas é ilegal vender e comprar. Também é legal plantar em casa, contanto que seja para uso pessoal. Se você for pego pela polícia, eles irão apenas repreendê-lo, mas se você for pego comprando ou vendendo, a coisa fica séria pro seu lado.

Onde posso obter maconha?

Os pacientes de maconha medicinal e usuários recreativos, poderão comprar maconha nas farmácias. O Presidente Bachelet aprovou uma medida em dezembro de 2015, legalizando a maconha medicinal e permitindo que os produtos de cannabis fossem vendidos nas farmácias. O cultivo de até seis plantas será permitido para uso pessoal e recreativo.

Quanta maconha posso ter?

Os chilenos tem o direito de possuir até dez gramas de maconha seca e cultivar até seis plantas de maconha ao mesmo tempo.

Que tipos de maconha estarão disponíveis nas farmácias?

De acordo com o projeto pró-medicamentos para a maconha, as farmácias podem vender produtos farmacêuticos que contenham cannabis, resina de cannabis, extratos de cannabis e corantes.

O uso de maconha recreativa é descriminalizado no Chile?

O consumo privado de maconha e a posse de uma pequena quantidade de maconha, é legal, cultivar a planta, se você puder justificar que é para consumo pessoal exclusivo e uso a curto prazo. No entanto, comprar, vender e transportar maconha é ilegal.

Posso trazer maconha comprada no Chile para outro país?

Não! Todos os produtos de maconha e maconha comprados no Chile devem ser consumidos no Chile.

Nada neste site deve ser considerado como aconselhamento jurídico ou como um substituto para aconselhamento jurídico. Por favor, respeite o estado atual da lei da maconha em sua área. Faça sempre mais de uma pesquisa para concretizar as informações antes de fazer o uso de qualquer substância desconhecida.

 

 

Conheça mais sobre Leandro Mikk:
https://www.instagram.com/leandro_mikk/

 

Pra você que é #Das Trips e vai fazer o seu primeiro Mochilão na America do Sul, essa é uma ótima opção para o seu roteiro.

Gostou?

Deixa aí um comentário.

Booking.com

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.